Óscares 2018

   Olá, olá! Ontem assistiu-se a um desfile de estrelas na passadeira vermelha dos Óscares no Dolby Theatre em Los Angeles, EUA.

   Pela primeira vez em muito tempo, tive realmente uma enorme dificuldade em reduzir o rol de ” mais bem vestidos” a esta singela lista, e talvez muitos de vocês poderão não concordar com as minhas escolhas, mas devo admitir que foram vários os candidatos que me deixaram em êxtase e no fim decidi que estes eram sem dúvida “le créme de la créme”.

   Contrariamente ao esperado, o dress code escolhido não foi o preto associado à causa Time’s Up que diz respeito às recentes acusações de assédio sexual no seio de Hollywood. Cada vedeta teve total liberdade para escolher o seu modelito de eleição, optando algumas por colocar apenas um pin de referência à causa. Por este motivo pergunto-me: o que faz alguém que tem todo aquele dinheiro e recursos à sua disposição escolher algo tão feiinho. É então que relembro a máxima: Deus dá dinheiro mas não dá bom gosto – um forma mais direta de explicar que não se pode ter tudo na vida, e para algumas destas pessoas realmente não foram bafejadas com este dom!

   Vamos então começar… PREPARADOS?!?!

Lupita Nyong’O – Versace

Lupita

   Pessoal eu amo esta rapariga! Ela consegue estar sempre resplandecente e glamorosa, mas ainda assim mantendo o decoro. Sabe perfeitamente quais os seus pontos fortes e arrisca sempre o suficiente para se distanciar das restantes colegas. Contrariamente ao que é habitual, desta vez trouxe um apanhado com uma espécie de acessório entrançado que lhe dá uma aura real. Well done Lupita.

   Nicole Kidman – Armani Prive

Nicole-Kidman

   Ai querida Nicole, confessa lá: finalmente decidiste tomar a medicação e vês como correu bem?! Não sei se é uma questão de não saber envelhecer ou se apenas tem andado com a pipoca baralhada, porque esta senhora raramente acerta nas suas escolhas, mas aqui calou-me! Adoro vestidos estruturados pois ajudam a “manter tudo no sítio”. O que me convenceu (sim porque não foi amor à 1ª vista, nem sequer à 2ª) foi o laço que cria um elemento de interesse esmagador num vestido que de outra forma seria apenas banal. A escolha dos sapatos ainda me deixa com dúvidas devido à cor mas ainda assim, muito elegante e apropriado!

Leslie Bibb – J. Mendel

Leslie Bibb

   Não sendo uma actriz particularmente conceituada, já fez as suas coisinhas. E hoje trago-a aqui porque numa época de transparências e pouca roupa, assim se mostra como as podemos usar sem ter um ar barato e reles. Este vestido tem uma espécie de transparência fingida, em que mostra alguma pele sem revelar as “miúdezas” da menina. A simplicidade das jóias e o penteado, complementam em absoluto o look, se bem que eu teria colocado um nadita de cor nos lábios ou um olho um pouquinho mais intenso.

Jennifer Garner – Giorgio Armani

Jennifer Garner.jpg

   Breathless (sem fôlego) é como este vestido me deixa. A cor é sublime, o corpete com os drapeados marca aquela figura maravilhosa e a fluidez do tecido dá-lhe um toque quase místico. A Jeninha é linda e já todos sabemos mas aqui parece ter recuperado todo o seu esplendor.

Zendaya – Giambattista Valli

Zendaya (1).jpg

   Confesso que não conheço a moça, mas sendo ela de tenra idade e com um corpo que permite quase tudo, adorei que não tivesse escolhido nada óbvio. Comecemos pelo facto de o castanho não ser uma cor particularmente apelativa ou sequer fácil. O que me atraiu mais foi a cintura bem marcada e a alça assimétrica, num castanho chocolate bastante rico. Penteado e maquilhagem flawless, que é como quem diz, perfeitos.

Mary J. Blige – Versace        e          Jane Fonda – Balmain

   Por último escolhi estas duas senhoras. O seu estilo, idade, história, aparência não podiam ser mais díspares, Contudo, como ambas conseguiram personificar a beleza e elegância com um simples vestido branco. Talvez nenhum seja extraordinário ou inesquecível mas para alguém com o físico da Mary ou com a idade da Jane, meninas merecem uma ovação de pé! Tudo no sítio, quantidade suficiente de pele à mostra, cabelos impecáveis.

   Para terminar, quero apenas deixar aquele que para mim foi o melhor look masculino , simplesmente porque foi diferente, ousou q.b. e foi muito bem sucedido! Gostei do laço e dos sapatos de verniz visto que combinaram na perfeição com a onda do veludo.

Armie Hammer – Giorgio Armani

Armie Hammer

   Não quero despedir-me sem falar daquilo que realmente importa nesta cerimónia: os vencedores.

   O filme “The Shape of Water” teve 13 nomeações e terminou com 4 estatuetas, sendo a mais relevante a de Melhor Filme. o prémio de Melhor Actriz foi para Francis McDormand em “3 billboards outside Ebbing, Missouri” e o de Melhor Actor foi para Gary Oldman no filme “Darkest hour”.

   E assim terminou mais uma edição dos Óscares de Hollywood, que como sempre nos transportou para um mundo quase de fantasia que nos faz sonhar e imaginar como seria se fosse: I, Carochinha! Enjoy 🙂

2 pensamentos sobre “Óscares 2018

  1. Gostei das escolhas (não são só os vestidos que fazem os milagres….são os corpaços / Nicole Kidman eh eh eh ) mas gostar, gostar, gostei do Gary Oldman, o meu ator favorito desde sempre que finalmente ganhou o Óscar! E acho que estava muito giro. O homem é um charme -Drácula de Bram Stocker 4ever!!!!!!!!!

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s