Para ler e reler – A família Sogliano

30070584_1842736225756872_1972013765_o

   Olá gente gira! Vou já atacar o tema de hoje porque é muito bom…..

   Já sei que muitos são os que não gostam de ler. Talvez por falta de tempo, por falta de paciência ou porque é demasiado aborrecido. Seja como for, garanto-vos que estão a perder algo de excepcional. Há variadíssimos estilos literários pelo que tenho a certeza que cada um de vocês conseguirá encontrar algo que vos agrade.

   Para além de ser uma actividade de lazer bastante em conta – há livros para todas as carteiras – não precisamos de corrente eléctrica para “operar” um livro, a não ser claro que decidam optar por usar um e-book, que é como quem diz livro electrónico. Seja qual for o vosso “veneno”, tenho uma certeza inabalável: ler eleva-nos. Quando lemos entramos num mundo desconhecido, inebriante, fantástico, cheio de possibilidades, em que vivemos pelos olhos de tantos outros.

   O livro de que vos quero falar foi para mim dos melhores que já li em toda a minha vida, porquê? Porque cada página me transportava para Nápoles, e aí eu conseguia sentir o cheiro de coral, o negócio da família por mais de dois séculos. Sentia-me a viver aquelas experiências e a sentir cada sentimento (passo a redundância) como se eu fosse a personagem principal daquela história.

   Vamos por partes, primeiro o enredo. Ora então trata-se de uma família que vive em Torre del Greco, uma terra perto de Nápoles e cuja actividade comercial assenta na transformação de coral em peças de joalharia extraordinárias (ou pelo menos é assim que eu as imagino). Num dia ao jantar, Orsola, a figura principal de toda esta trama, recebe uma chamada anunciando que o seu marido falecera num acidente de viação. A tristeza é enorme, mas mal ela sabia que o que viria a descobrir a seguir sobre o seu esposo Edoardo seria ainda mais devastador. Ao longo da história vamos conhecendo um pouco melhor cada personagem, o que nos vai ajudando a entender melhor certas atitudes e formas de estar na vida.

   Para alguns, esta narrativa será apenas mais um relato de amores e desamores, enganos e mentiras, falhanços e descobertas. Para mim, foi o desenrolar de algo simplesmente emocionante e desafiador, que me levou a questionar inúmeras vezes: e se fosse comigo? Uma trama ficcional que poderia muito bem ser a biografia de tantas vidas por esse Mundo fora.

   A autora é Sveva Casati Modignani e meus amigos, espero acabar em breve a lista de livros que tenho já em casa para a seguir poder adquirir outros títulos seus. Adorei a sua forma de escrita simplista e clara, apaixonante e envolvente, que conta muito sem revelar tudo. Mais, utiliza adjectivos de um modo sublime, sabendo sempre exactamente quais e quando aplicar fornecendo-nos uma ideia bastante descritiva da cena, mas deixando algum espaço ao nosso imaginário pessoal.

   Em português são 383 páginas de puro deleite. Sveva, o qual é afinal apenas o pseudónimo escolhido pela italiana Bice Cairati e igualmente pelo seu falecido marido Nullo Cantaroni, é um ícone da literatura italiana que conta já com 18 romances publicados e diversos prémios na sua categoria artística.

   Talvez este não seja o enredo ideal para todos, mas há que começar por algum lado e reitero que este é sem dúvida um excelente ponto de partida que certamente, vos irá enamorar tanto quanto fez a mim.

   Enjoy 🙂

30070584_1842736225756872_1972013765_o

Um pensamento sobre “Para ler e reler – A família Sogliano

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s