Férias no Alentejo – zona certa, hotel errado!

   Olá gente! Que tal essas férias? Já foram ou ainda estão a ser? As minhas estão mesmo mesmo a terminar, e começo a sentir uma lágrimazita a marejar do meu olho…

   Bom, o propósito do post de hoje é falar da minha estadia por terras alentejanas, mais precisamente no interior norte, perto da aldeia do Crato. A decisão da zona foi relativamente fácil pois queríamos paz e sossego, longe de confusões típicas deste mês sempre tão agitado.

39878794_234532737403614_6309401206586343424_n

   Quanto ao alojamento onde iríamos pernoitar, a escolha foi dura pois a oferta é imensa, diversificada e de um modo geral super aliciante à vista. Optámos pela Herdade da Rocha, Boutique Lodge, um espaço claramente pensado para deleitar os olhares críticos dos hóspedes e garantir um santuário de tranquilidade e relaxamento. Rodeados por vários hectares de vinha, podíamos encontrar pequenos refúgios recônditos ideais para um piquenique em família ou a dois. O hotel é pequeno mas a decoração é exímia, com enorme atenção ao pormenor.

39846814_927260617459620_4912713670544326656_n

   Infelizmente, a experiência em si ficou bastante aquém das expectativas, principalmente sendo um alojamento classificado com 5 estrelas. Tudo parecia uma luta: o mau funcionamento do ar-condicionado foi alvo de várias reclamações pois os quartos pareciam O Inferno de Dante; a piscina era pequena mas chegava perfeitamente para o número de hóspedes, pena o filtro raramente funcionar, transformando a piscina num ecossistema próprio; a limpeza foi outro tiro ao lado, muito pouco certa ou coerente, tanto faziam de manhã como às 19h e pareceu-nos que durante toda a semana nunca trocaram as toalhas – não é algo necessariamente errado, eu em casa também não mudo as toalhas todos os dias, é dispendioso e pouco ecológico, mas talvez se explicassem isso, nós não tínhamos que conjeturar – ou varriam; no fundo não foram situações intoleráveis mas porquê ter uma saboneteira se o sabonete só aparecia se o pedíssemos? Porque é que as garrafas de vinho da herdade eram bem mais baratas no minimercado da vila do que no próprio hotel?

39928673_948671371993122_143151775371755520_n

   Para mim, e porque adoro comer, a alimentação foi o maior constrangimento. O restaurante tinha uma ementa catita, e na primeira noite decidimos comer por lá. A comida era saborosa e os ingredientes frescos mas para a quantidade e complexidade dos pratos, o preço pareceu-me exagerado. Tivemos por isso que partir em busca de alternativas.

   Para o almoço, acabámos por descobrir A Mercearia, no Crato, uma loja de produtos regionais que também servia petiscos e ai que bons que eram…. Sopinha e bolos caseiros, tapas e tibornas do melhor que há!

39933968_439752793179592_3002472758866083840_n

   Já ao jantar, íamos à vila da Flor da Rosa comer ao Recanto. Comida tipicamente típica – perdoem-me a redundância – bem confeccionada, com o sabor sempre no ponto e a um preço ridiculamente inferior. Ai a açordinha era tão boa… e as migas com porco frito?! Babo só de pensar.

39799789_663630397355406_6049648160119193600_n

   Ainda que tenhamos descansado bastante, ainda tivemos tempo para alguns passeios. Fomos ao Crato conhecer as suas pitorescas ruelas, passámos por Alter do Chão onde visitámos a Coudelaria Alter Real onde pudemos apreciar a beleza de algumas raças portuguesas de cavalos e esticámos ainda até Nisa em busca dos maravilhosos queijos da região.

39835040_2523471004333414_318654889389457408_n

   Mas como o melhor vem no fim, o ponto alto da nossa estadia foram aqueles que conhecemos: a Olive, uma cadela rafeira alentejana que pertencia à Herdade, e uma família de três como nós, que falavam alto, levavam comida para dentro do quarto, gostavam de brincar na piscina e com quem desfrutámos da melhor companhia na nossa última noite, tornando-a a mais especial.

39944347_2191563407750641_2761511731917225984_n

   E pronto, aqui está um resumo do que foi uma grande semana, em que conheci locais e pessoas maravilhosas e relembrei que por vezes as coisas mais simples e despretensiosas são as melhores. Enjoy 🙂

39900007_827788937552178_2992841749971337216_n

 

7 pensamentos sobre “Férias no Alentejo – zona certa, hotel errado!

  1. Por vezes os hotéis de 4 e 5 estrelas desiludem um pouco, especialmente tendo em conta que já tive a oportunidade de ficar num hotel de 3 estrelas no Gerês que se revelou uma boa surpresa, com maior comodidade e consideração pelo bem-estar dos clientes. Para referência, é o Hotel Moderna do Gerês 🙂

    Melhor sorte para a próxima!
    Miss DeBlogger – missdeblogger.blogspot.com

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s