Sobre mim

532088_734281633254608_602601943_n

   Nascida do casamento da Maria e do José, no dia 10 de Outubro de 1984, surgi eu: uma maria-rapaz, muito obstinada e dona do seu nariz, sempre despachada e com resposta para tudo. De emoções à flor da pele, demasiado opinativa e uma protestante nata, desde cedo o meus pais perceberam que eu iria ser uma espécie de porco agridoce – rechonchuda, fofa ao mais alto nível mas com um feitiozinho ruidosamente vincado.

   De origem Odivelense, mas sempre com uma perna na Zona Oeste onde actualmente resido na bela localidade de Sobral de Monte Agraço, uma autêntica socialite, sempre pronta a entreter os outros, fazendo pouco de si mesma e daquilo que me é mais familiar. Ainda que os meus caríssimos pais tivessem uma boa pedalada para mim, só havia uma pessoa no Mundo que sempre me soube entender como ninguém: o meu avô Alfredo. Éramos farinha do mesmo saco, adorávamos falar com desconhecidos, apanhar insectos à noite, comer porcarias antes e logo a seguir às refeições e a criatividade nunca nos falhava. Para ele eu era a sua Carochinha.

1460279_849061921790979_5688373366949584848_n

       Peça da escola Externato Pirilampo, onde interpretei A Carochinha

   E porquê um blog? E porque não, respondo eu, que adoro contrariar? Como professora de profissão, esta escolhida aos 6 ou 7 anos de idade, adoro escrever, ensinar, aprender e debruçar-me sobre os mais variadíssimos assuntos. Como neta do meu avô, não passo sem estar em contacto com o que me rodeia, sem questionar e sem experimentar.

   Já trabalhei no ramo imobiliário, numa loja de maquilhagem e até na modesta loja de vestuário da minha tia Rosa, ma sempre a par das aulas. Durante 10 anos ensinei Inglês nas escolas primárias de Camarate, terra que me viu crescer como pessoa e me fez a profissional que sou hoje. Lá aprendi muito e criei uma família cheia de meninos e meninas que ainda hoje me deixam eterna saudade.

   Assim, nasceu este meu cantinho, feito de memórias e recordações de uma infância boa, moldado por cicatrizes e escolhas passadas, repleto de ideias e desejos de um futuro melhor para mim e para os meus e por último, mas não menos importante, criado por uma vontade à la Adamastor de partilhar convosco pensamentos, opiniões, desabafos, (in)certezas, experiências e conhecimento.